domingo, 9 de maio de 2010

" E o seu amor que agora era impossível - que era seco como a febre de quem não transpira era amor sem ópio nem morfina. E 'eu te amo' era uma farpa que não se podia tirar com uma pinça. Farpa incrustada na parte mais grossa da sola do pé."

Clarice Lispector

1 comentários:

franck disse...

Clarice e Sylvia Plath é muito bom pra terminar um fim de semana...Deixo Adélia Prado pra vc:
"Amor é a coisa mais alegre/amor é a coisa mais triste/amor é coisa que mais quero/por causa dele falo palavras como lanças/amor é a coisa mais alegre/amor é a coisa mais triste/amor é a coisa que mais quero/pro causa dele podem entalhar-me/sou de pedra-sabão/alegre ou triste/amor é coisa que mais quero".
Bj. * E pq vc n/colocou seu ícone de seguir-me no meu blog? sempre tenho que ficar procurando vc...

Postar um comentário

 
Só enquanto eu respirar. Design by Exotic Mommie. Illustraion By DaPino