segunda-feira, 13 de dezembro de 2010


"Respiro aliviada e sugo o máximo de você, pra ter a certeza absoluta de que não é você. Não sonhei com você. Não quero passar minha vida ao lado da pessoa mais estranha do mundo. Imagina só ficar grávida de um homem que tem pavor de mulher com enjôo? Imagina só ficar velha ao lado de um homem que tem pavor da vida óbvia, cotidiana e imperfeita? Eu viveria infeliz.
Não é você. E lá vem você me perguntar porque é que estão todos casando, e falar pela trigésima vez que você vai acabar sozinho e não deve nada a ninguém. E lá vem você me olhar apaixonado e, no segundo seguinte, frio. E me falar para eu não sofrer e para eu ir embora e para eu não esperar nada e para eu não desistir de você. E eu me digo que não é você. (...)
Me despeço, já sem aquela dor aterrorizante, das partes de você que mais amo. Ainda que eu nem te ame mesmo. E me despeço das partes da sua casa que eu mais amo. Ainda que nada disso seja amor."


Tati Bernardi in Eu nem te amo mesmo

4 comentários:

Maria Rita disse...

Que coisa mais linda! Estou adorando tudo por aqui, vou ficar para ler mais dos teus escritos.

Beijos pra Ti

Tamara disse...

Clarissa, eu adoro seu blog.
Sempre com textos lindos e inspiradores. =D
estou te seguindo! :)

visite meu blog tbm...
beijoo

thoughts on high disse...

Adorei o seu blog! Logo de cara, me identifiquei. Já estou seguindo, e voltarei sempre aqui :)

Tamara disse...

Oie, tem selinho pra vc no meu blog =D

Postar um comentário

 
Só enquanto eu respirar. Design by Exotic Mommie. Illustraion By DaPino